top of page

Why it is important to know the Moog word?!

Eu sempre fui uma mente curiosa sobre a evolução da música eletrônica. Você já pensou sobre a origem do som e quando o som se tornou parte da música? Bem, a origem do som é a vibração de um objeto que causa perturbação no meio ambiente circundante, como ar ou água, o que produz uma onda que pode ser detectada pelo ouvido humano. Isso criou a música, e a música surgiu quando os seres humanos organizaram e manipularam intencionalmente os sons, usando ritmo, melodia e harmonia para criar padrões e evocar respostas emocionais.



A música eletrônica representa uma fusão única de tecnologia e expressão artística, usando instrumentos eletrônicos e técnicas de produção digital para criar novos sons e empurrar os limites dos gêneros musicais tradicionais. Ela também reflete os contextos culturais e sociais nos quais é produzida, muitas vezes servindo como uma plataforma para experimentação, inovação e autoexpressão.

Hoje, deixe-me falar sobre uma grande figura, que foi Robert Moog?


Robert Moog foi um engenheiro e inventor americano que é amplamente creditado por ser pioneiro no desenvolvimento do sintetizador moderno. Sua invenção, o sintetizador Moog, revolucionou a música eletrônica e teve um impacto profundo na indústria da música e na cultura popular como um todo.

Ele nasceu em 1934 na cidade de Nova York e mostrou interesse precoce em eletrônica e música. Ele começou a construir theremins - um dos primeiros instrumentos musicais eletrônicos - ainda no ensino médio, e depois estudou física e engenharia elétrica na Universidade de Columbia. Na década de 1960, Moog desenvolveu o primeiro sintetizador controlado por voltagem disponível comercialmente, que ele chamou de sintetizador Moog. Esse instrumento era um sistema modular que permitia aos músicos criar uma ampla variedade de sons usando osciladores controlados por voltagem, filtros e amplificadores, entre outros componentes. O sintetizador Moog rapidamente se tornou popular entre músicos experimentais e compositores avant-garde, e foi usado em inúmeras gravações influentes no final dos anos 1960 e início dos anos 1970.



Além de seu trabalho no sintetizador Moog, Robert Moog também projetou outros instrumentos eletrônicos e acessórios musicais, incluindo o Minimoog - um sintetizador compacto e portátil que se tornou amplamente popular na década de 1970 - e a linha de pedais de efeito Moogerfooger. As contribuições de Moog para a música eletrônica foram reconhecidas com inúmeros prêmios e honrarias durante sua vida, incluindo um Prêmio Trustees do Grammy e um doutorado honorário da Berklee College of Music. Após sua morte em 2005, seu legado continuou por meio do trabalho de sua empresa, Moog Music, que continua a produzir sintetizadores e outros instrumentos eletrônicos de alta qualidade até os dias atuais.


Minimoog


Moogerfooger


Então, quem usou essa incrível invenção?


O equipamento Moog foi amplamente utilizado na produção de música techno desde o surgimento do gênero nos anos 1980. Aqui estão alguns exemplos notáveis de artistas de techno que utilizaram equipamentos Moog em sua música:

  1. Juan Atkins: Conhecido como o "padrinho do techno", Juan Atkins usou sintetizadores Moog em muitas de suas primeiras gravações de techno, incluindo seu influente projeto Cybotron.

  2. Derrick May: Outro pioneiro do techno de Detroit, Derrick May usou sintetizadores Moog e outros equipamentos analógicos para criar o som característico de suas primeiras gravações.

  3. Richie Hawtin: O artista de techno canadense Richie Hawtin tem sido um usuário de longa data dos sintetizadores Moog e os incorporou em muitas de suas gravações e apresentações ao vivo.

  4. Jeff Mills: O artista de techno americano Jeff Mills utilizou extensivamente sintetizadores Moog ao longo de sua carreira, tanto no estúdio quanto em suas apresentações ao vivo.

  5. Carl Craig: O artista de techno baseado em Detroit, Carl Craig, utilizou equipamentos Moog em muitas de suas gravações e até mesmo colaborou com Robert Moog em vários projetos.

Esses são apenas alguns exemplos de artistas de techno que reconheceram a qualidade e a importância dos equipamentos Moog em sua música. A contribuição de Robert Moog para a música eletrônica e sua influência no desenvolvimento do techno são notáveis, e seu legado continua a ser valorizado até os dias atuais.


Agora você entende por que escrevi sobre Moog, não é mesmo?


Nos vemos no meu próximo artigo e espero que essas informações tenham sido úteis para todos vocês :)


An article by: dangellodj wrote on May 28, 2023

Comments