top of page

Entrevista com Khianelli

Ela é um furacão na CDJ e ao mesmo tempo calmaria com sua vibe contagiante!

Conheça o mais novo nome em ascensão no Brasil!





Quem é você, conte-me mais sobre o artista:

Sou alguém que busca se expressar com amor e verdade através da música, transmitindo essa energia para as pessoas, com a intenção de transformar aquele momento em uma memória especial.


Onde você se imagina daqui a 5 anos?

Me imagino entregando sets cada vez mais criativos, apresentações energéticas gerando conexão com mais pessoas, me expressando com autenticidade misturando meu lado artístico com o meu pessoal. Acredito que a entrega e a dedicação vão me levar a tocar nas festas que sempre frequentei e sonhei em estar em cima do palco. Principalmente nas do Rio de Janeiro, mas também em outros estados.


Quais são os seus projetos ou participações mais relevantes até o momento?

Tive o prazer de tocar na Deep Please na edição de carnaval e vou participar novamente na edição de fim de ano, ao lado de grandes nomes como Ashibah, Bruno Be e Cat Dealers.


Me conte algo inusitado que aconteceu com você como artista/em sua carreira:

Tive a experiência de tocar música eletrônica pra um grande público eclético em uma festa em que o headline era o Orochi. Foi bem desafiador e instigante! Até então não tinha tido uma experiência assim.


Tem algum lançamento em Breve ou recente? Quais?

Pretendo lançar um novo set que estará mais alinhado com o som que eu toco atualmente, com uma pegada mais House / Tech house.


Sobre inspirações, quais foram as suas?

No início da carreira me inspirava bastante em produtores brasileiros, como Vintage Culture e depois fui diversificando com artistas de outros países e outras vertentes, como Gorgon City e John Summit.


Você teve apoio em sua carreira? De quem/ que?

Tive apoio da minha família, das amizades que fui construindo na minha caminhada e da Aimec, as quais sou muito grata!


Se pudesse escolher 3 artistas para produzir/apresentar com eles, quais seriam?

Ashibah, illusionize e Hugo Doche. Eles têm uma presença de palco surreal, produzem músicas incríveis e seria uma experiência única e marcante dividir palco com eles, além de ser uma grande honra!


Qual é o seu maior sonho em sua carreira?

Alcançar o maior número de pessoas inspirando-as a se sentirem mais felizes, irem atrás dos seus sonhos e a se transformarem através do poder da música.


Se pudesse escolher uma música para te definir, qual seria?

On the Line - Ashibah & Saffron Stone, porque além do groove maravilhoso tem uma letra significativa pra mim que diz que diamantes são feitos sob pressão e também instiga meninos e meninas a não quebrarem as regras, mas defini-las. Me inspira a não desistir nos grandes desafios e também a ser inovadora no modo de pensar a fim de mudar as coisas.


Deixe aqui um recado para os Leitores e fãs da DJ Music Mag:

Independente de qual seja o seu sonho, se é pelo caminho da música ou não, se está aqui é porque ela é importante pra você. Então use isso a seu favor quando precisar de motivação, energia ou ânimo pra realizar algo. Em momentos difíceis ela funciona como uma ferramenta de impulso pra mim. Ela tem grande influência no humor, então aproveita! E se você ainda ainda não sabe seu sonho, vá atrás de descobrir, pra depois não se arrepender de ter não vivido o que realmente queria! Vale a pena!



bottom of page